quarta-feira, 11 de junho de 2008

a dona do drops

elas são piradinhas pela fal. e ela sabe disso. mais. ela tem certeza disso. e sabe que pode fazer e desfazer delas. mas nem por isso desfaz. jamé. e são por essas e outras que'las a amam em fal maior. é... mais do que ninguém, a fal sabe: ana e laura nunca concordam com nada. absolutamente nada. mas quando se trata dela, convenhamos, não tem como: elas são capazes de beijar a boca uma da outra loucamente por horas a fio para provar o amor que têm por ela.

SMAAAAAAAACK smack SmAcK..................

sentiu o balaço, móra? uia! passa lá no drops, vai. e obrigadas, fal. as meninas agradecem de córpo, alma e córação a sua doce référência. amaaaaam!!!

(Quem me ensinou isso foi Ana Laura. Ao que tudo indica, Ana é quem segura as pontas, enquanto Laura é uma louca. A Ana paga as contas e fica até de madrugada para botar o Primeira Fonte no ar, enquanto que a Laura ri das piadinhas dos alunos e come cebolitos com a data de validade vencida. E quem passa a madrugada no hospital depois disso? Acertou, a Ana. Achei a estória da belíssima Ana Laura sábia por demais. E reparei que é isso mesmo. Enquanto a Fal traduz, escreve, produz, passa pano no quarto, assina papéis e compra canetas novas, a Fabia se perde, se pinta, se confunde, dirige a madrugada inteira – enquanto os documentos do carro estão lá no Rio de Janeiro, no bolso do Pedrão - lê o que não deve, perde papéis de estacionamento, sonha com Caxambu, escreve bobagens, toma vodca com limão, entende errado mensagens que nem existiram, faz listas intermináveis e inúteis, sonha com o Rio de Janeiro, assiste filmes que a fazem chorar, perde o foco e os sapatos, toma vodca sem limão e, ahá, investe no que não deve. Principalmente isso, investe no que não deve.

*Ainda da Ana Laura, frase mais que genial: “Gente que só não é gay de preguiça”. Hohohohoho.

2 comentários:

Bárbara M.P. disse...

Clap, clap, clap. Essas moças são "diumtudo" mesmo.

Fal disse...

vc não me merece, ana.